"O Esboço do Calabouço" - É a imagem de um texto que se pretende perfeito, onde o autor nunca há de terminá-lo, e em seu enclausuramento, nunca poderá dele escapar."
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
AGMAR RAIMUNDO - O Esboço do Calabouço
Um site para entender o universo dentro e fora da construção do pensamento artístico.
Textos


SOL EM SANGUE
 
Atiraram no sol,
Mataram o seu brilho,
Coágulos de sangue
Entorpecem, agora,
Os dias d’antes luzidios.

 
E agora vedes em mim!
Será que choro por isso?
O sol é tão bastardo
Quanto a Terra é para
O Espaço.
 
Atiraram no sol
Dentro de mim,
Mas não foi nenhum
Assassinato, foi ofício próprio:
Ato que me fiz por necessário.

 
Esse astro de fogo -
Mesmo eu gostando do fogo -,
Não ilumina
Os meus pensamentos,
Isso cabe à noite, pois é lá que cuspo veneno!

 
Não derramo uma única lágrima
Pela desconfiguração do sol,
Só este me serve apenas como farol
Para indicar o tempo.
Sou da noite, onde tempo não é tempo!
Agmar Raimundo
Enviado por Agmar Raimundo em 01/08/2017
Alterado em 01/08/2017


Comentários